Pazuello diz que 100 mil mortes "não é só um número" e fala em apoio a isolamento

Pazuello diz que 100 mil mortes

 

Segundo Pazuello, quem sentir sintomas de covid-19 deve procurar as unidades de saúde imediatamente. "Nós estamos todos os dias revendo nossos protocolos, procurando o que tem de melhor e alterando o que não estava dando certo. Diagnóstico e testagem é a base do tratamento precoce", comentou. "Não está correto ficar em casa doente, com sintomas, até passar mal com falta de ar. Isso não funciona. Não funcionou, e deu no que deu. Nós há dois meses já mudamos esse protocolo."

Na sequência, o ministro interino da saúde comentou sobre a marca de mais de 100 mil vítimas da covid-19 no Brasil. "Todos os dias nós sofremos as perdas. Não é um número. Não é um número Não foi 95 mil, 98 mil, não foi 100 ou 101, que vai fazer a diferença. O que faz a diferença é cada um brasileiro que se perde", afirmou Pazuello.

Inauguração

O ministro interino participou da cerimônia de início das operações da Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19, que vai ampliar a capacidade nacional de processamento de testes moleculares para detecção do novo coronavírus.

Segundo a Fiocruz, o novo centro de testagem tem potencial para processar diariamente até 15 mil testes moleculares, elevando a capacidade de análise na sede da fundação para 17,5 mil. Uma outra unidade de apoio, no Ceará, tem previsão para começar a operar ainda este mês, e irá executar diariamente até dez mil testes moleculares. Os centros de testagem tiveram suas estruturas e equipamentos financiados pela iniciativa Todos pela Saúde, enquanto a operação será bancada com recursos do Ministério da Saúde.

Publicado primeiro em Banda B » Pazuello diz que 100 mil mortes "não é só um número" e fala em apoio a isolamento

CORES DEMO
PERSONALIZADA

Crie seu degradê:


OUTROS TEMAS