Polícia curitiba

Na memória: Casal que atirou em vítima de assalto por R$ 20 é reconhecido depois de oito anos

Por Administrador

03/12/2020 às 14:00:37 - Atualizado h√°

As Varas Criminais s√£o chefiadas por juízes e respons√°veis de processar e julgar acusados de cometerem crimes. No entanto, para que determinada vara instaure um processo, é necess√°rio que o magistrado respons√°vel pela unidade aceite a denúncia feita pelo MP.

De acordo com o delegado, os suspeitos, que seriam marido e mulher, negam o crime. “Mas diante do reconhecimento feito pela vítima n√£o havia outra alternativa a n√£o ser indici√°-los”, explicou.

Crime

Segundo apurado pela DHPP, que investigava o crime, a vítima voltava da casa de um amigo durante a madrugada de 17 de mar√ßo de 2012 quando foi abordada, no bairro Cajuru, pelo casal que estava em um carro.

“N√£o houve tempo de entregar os bens e ele j√° foi alvejado pelos tiros, caiu, ficou desacordado e foi roubado. Os suspeitos fugiram com uma carteira com R$ 20 e uma corrente de prata”, destacou Marcos durante entrevista à Banda B.

A vítima ficou internada durante cinco meses por causa dos ferimentos sofridos, além de ter sido submetida a diversas cirurgias. Ele perdeu o movimento de todo o corpo por causa de um tiro na regi√£o do tórax.

“A morte só n√£o aconteceu porque ele foi socorrido e encaminhado ao hospital rapidamente”, concluiu o delegado.

Fonte: Banda B
Comunicar erro
Prime News

© 2021 Prime News - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Prime News
CORES DEMO
PERSONALIZADA

Acesse a administra√ß√£o do portal e veja todas as possibilidades e op√ß√Ķes de personaliza√ß√£o de cores, blocos, widgets e v√°rios outras possibilidades. Clique aqui para ir ao painel.

OUTROS TEMAS