Sa√ļde compra

Senado aprova liberação de R$ 1,9 bilhão para a compra de vacinas contra Covid-19

Por Administrador

03/12/2020 às 20:00:38 - Atualizado h√°

O Senado aprovou nesta quinta-feira (3) a libera√ß√£o de R$ 1,9 bilh√£o para a compra e a produ√ß√£o de 100 milh√Ķes de doses da vacina contra a Covid-19 que est√° sendo desenvolvida pela farmacêutica brit√Ęnica AstraZeneca e a Universidade Oxford, no Reino Unido.

A parceria do Ministério da Saúde com as fabricantes foi anunciada em junho. Em agosto, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicou uma medida provisória abrindo espa√ßo no Or√ßamento no valor de R$ 1,9 bilh√£o.

 

 

O acordo envolve a importa√ß√£o da matéria-prima e transferência de tecnologia para a produ√ß√£o da vacina, que ser√° finalizada pela Fiocruz.

Segundo o governo, dos quase R$ 2 bilh√Ķes previstos na medida provisória, R$ 1,3 bilh√£o ser√£o destinado à AstraZeneca para pagamentos de encomenda tecnológica. A Fiocriz ficar√° com R$ 95,6 milh√Ķes para investimentos e absor√ß√£o da tecnologia de produ√ß√£o da vacina. Além disso, R$ 522,1 milh√Ķes ser√£o repassados à BioManguinhos, laboratório da Fiocruz.

Uma medida provisória passa a valer assim que é publicada, mas precisa do aval da C√Ęmara e do Senado em 120 dias.

A proposta foi aprovada por vota√ß√£o simbólica no Senado, inclusive com o apoio da oposi√ß√£o a Bolsonaro. O texto segue agora para san√ß√£o presidencial.

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina√ß√£o contra a Covid-19 no Brasil deve come√ßar com profissionais da saúde, idosos a partir de 75 anos, popula√ß√£o indígena e quem tem mais de 60 anos e vive viva em asilos ou institui√ß√Ķes psiqui√°tricas. A data de início da campanha n√£o foi divulgada, mas a previs√£o é que ele ocorra entre mar√ßo e junho.

Apesar de a vacina ser desenvolvida por farmacêutica e universidade brit√Ęnicas, o Reino Unido aprovou na quarta-feira a vacina da americana Pfizer e da empresa alem√£ BioNTech. Foi a primeira na√ß√£o do mundo a aprovar uma vacina contra a Covid-19 pelos protocolos usuais, após a conclus√£o de testes e a divulga√ß√£o de resultados de efic√°cia.

O entusiasmo com o imunizante da Universidade de Oxford caiu por terra após os cientistas admitirem erros na dose de vacina recebida por alguns participantes em seus estudos e a necessidade da realiza√ß√£o de novos estudos.

Fonte: Banda B
Comunicar erro
Prime News

© 2021 Prime News - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Prime News
CORES DEMO
PERSONALIZADA

Acesse a administra√ß√£o do portal e veja todas as possibilidades e op√ß√Ķes de personaliza√ß√£o de cores, blocos, widgets e v√°rios outras possibilidades. Clique aqui para ir ao painel.

OUTROS TEMAS