Tecnologia

Jack Ma, fundador do Alibaba, ressurge em vídeo após meses sem aparecer em público

Por Administrador

20/01/2021 às 09:46:34 - Atualizado há
O magnata chinês, que sempre gostou dos holofotes, fez sua primeira aparição pública desde outubro. O sumiço gerou diversas especulações, mas nenhuma ainda foi confirmada. Jack Ma, fundador do Alibaba, ressurge em vídeo após meses sem aparecer em público

Reprodução/Jzol

O fundador do grupo Alibaba, Jack Ma, fez sua primeira aparição pública desde outubro nesta quarta-feira (20). Após inúmeras especulações sobre seu paradeiro, o influente magnata chinês apareceu em uma reunião por vídeo com um grupo de professores. As ações da empresa dispararam com a notícia.

Alibaba: como o magnata chinês Jack Ma perdeu US$ 11 bilhões em 2 meses e está na mira das autoridades chinesas

Ainda não se sabe o motivo de seu sumiço por cerca de três meses, mas há quem diga que Jack Ma havia sido detido, ou que estava escondido em meio a uma repressão regulatória do Partido Comunista da China.

No vídeo em que reaparece, segundo a agência Reuters, o empresário participava de uma cerimônia para professores rurais organizada por sua fundação de caridade. No vídeo de 50 segundos, Ma falou de uma sala com paredes cinza, uma grande pintura e arranjos florais. Não estava claro onde ficava a sala. Imagens datadas de 10 de janeiro, com Jack Ma visitando uma escola na China, também foram reproduzidas.

O Alibaba e sua fundação de caridade confirmaram que Ma, um ex-professor de inglês, participou de uma cerimônia online para professores rurais organizada pela fundação nesta quarta-feira, segundo a agência Reuters. Eles se recusaram a fornecer mais comentários.

Ma tem uma fortuna estimada em US$ 52,9 bilhões, segundo o ranking de bilionários da Bloomberg, e aparece na lista como a 25ª pessoa mais rica do mundo.

Ações do Alibaba em alta

Após a notícia do reaparecimento de Ma, as ações do Alibaba, gigante chinesa do setor de vendas pela internet, fecharam em alta de 8,5%.

Mesmo permanecendo 11% abaixo dos níveis anteriores, as ações crescentes já amenizaram as perdas sofridas depois que a empresa se tornou alvo de uma investigação antitruste aberta no final do ano passado, na China.

O serviço mais popular do Ant Group, o Alipay, começou como plataforma de pagamento do Alibaba

Reuters

As autoridades chinesas suspenderam a estreia do Ant Group, que teria o maior IPO da história, com US$ 34,4 milhões, na Bolsa de Xangai. O grupo, dono da gigante de pagamentos online Alipay, gerou preocupação entre os reguladores financeiros sobre suas investidas nos setores de seguros, empréstimos ao consumidor e gestão de patrimônio.

As autoridades chinesas justificaram a sua decisão de suspender o IPO do Ant Group pela obrigação de transparência da empresa, na sequência de um endurecimento da regulamentação sobre empréstimos pela Internet.

Pequim acredita que esta nova regulamentação prejudica os resultados do Ant Group e isso reduz a promessa da empresa de dividendos para seus futuros acionistas. Na ocasião, o grupo pediu desculpas aos investidores e prometeu devolver os valores já investidos.

O serviço mais popular do grupo, o Alipay foi essencial para o crescimento do Alibaba e tem sido mais usado do que cartões de crédito na China, o que foi classificado pelas autoridades como "concorrência desleal".

De acordo com a BBC, o magnata teria provocado a ira das autoridades chinesas ao criticar publicamente os bancos chineses controlados pelo Estado, comparando-os a "casas de penhores" que não têm vocação para a inovação.

VÍDEO: veja reportagem do Fantástico sobre o sumiço de Jack Ma

Mistério na China: por onde anda Jack Ma, um dos homens mais ricos do planeta?

VÍDEOS: as últimas notícias de economia
Fonte: G1
Comunicar erro
Prime News

© 2021 Prime News - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Prime News
CORES DEMO
PERSONALIZADA

Acesse a administração do portal e veja todas as possibilidades e opções de personalização de cores, blocos, widgets e vários outras possibilidades. Clique aqui para ir ao painel.

OUTROS TEMAS