Polícia Fim da caçada

Após 20 dias de busca, Lázaro Barbosa morre após ser preso em Goiás

Segundo Seguran√ßa P√ļblica, ele foi baleado ao ser detido em √Āguas Lindas de Goi√°s. Aos 32 anos, ele tinha extensa ficha criminal, fugiu tr√™s vezes da pris√£o e era acusado de diversos crimes.

Por G1

28/06/2021 às 12:16:18 - Atualizado h√°
Lázaro Barbosa - Foto: reprodução

L√°zaro Barbosa, que matou uma fam√≠lia em Ceil√Ęndia, no DF, foi morto, nesta segunda-feira (28), após ser preso em Águas Lindas de Goi√°s, no Entorno do DF. O criminoso estava h√° 20 dias fugindo de uma for√ßa-tarefa com mais de 270 agentes. Aos 32 anos, ele tinha uma extensa ficha criminal, fugiu tr√™s vezes da pris√£o e era acusado de diversos crimes.

O procurado foi atingido por v√°rios tiros. Após ser baleado, ele foi levado por uma viatura do Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Bom Jesus, mas morreu. Por volta de 11h10 uma viatura do Instituto Médico Legal (IML) chegou aos fundos da unidade de sa√ļde. O corpo dele deve ser levado para ser periciado em Goi√Ęnia.

O secret√°rio de Seguran√ßa P√ļblica de Goi√°s, Rodney Miranda, comemorou o fim da opera√ß√£o: "Miss√£o cumprida. Restabelecemos a paz e tranquilidade nessa comunidade de bem".

Ainda de acordo com ele, L√°zaro atirou contra os policiais e foi baleado durante confronto.

"Ele descarregou uma pistola, possivelmente 380, em cima do policiais", afirmou.

Apesar da troca de tiros, nenhum policial ficou ferido. Chefe da pasta detalhou ainda que o criminoso foi socorrido com vida, mas morreu chegando ao hospital.

Durante coletiva, Rodney Miranda contou sobre o cerco que terminou com o confronto. De acordo com ele, os policiais viraram a madrugada procurando o fugitivo, "até que hoje cedo finalizamos a ocorr√™ncia e com todos policias bem e o grande objetivo de n√£o deixar ele machucar mais ninguém", afirmou.

O secret√°rio detalhou ainda que ele chegou a encontrar com a ex-esposa e ex-sogra, que foram ouvidas e podem ser responsabilizadas, se tiverem ajudado o fugitivo.

"Ele foi se encontrar com elas [ex-mulher e sogra]. Est√°vamos monitorando, ele chegou a amea√ßar os policiais falando que daria tiro na cara, fizemos o cerco e além da arma, ele tinha R$ 4,4 mil no bolso. Isso é mais uma prova que tinha gente com ele dificultando o nosso trabalho", disse.

Governador do estado de Goi√°s, Ronaldo Caiado falou à TV Anhanguera que recebeu a informa√ß√£o da troca de tiros entre L√°zaro e os policiais da for√ßa-tarefa e, cerca de 40 minutos depois, foi informado da morte do criminoso.

Ainda segundo Caiado, o confronto aconteceu cerca de 4 km de dist√Ęncia da casa da ex-sogra do L√°zaro. "Ele j√° tinha adentrado a mata, foi próximo a um córrego, relativamente em mata densa", detalhou.

Policiais comemoraram o fim do trabalho de 20 dias de buscas pelo fugitivo (assista abaixo). Moradores de Águas Lindas e de Cocalzinho de Goi√°s soltaram fogos em celebra√ß√£o à captura de L√°zaro.

A captura foi divulgada pelo governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM). Em vídeo, ele parabenizou as forças policiais que atuaram na força-tarefa de buscas pelo fugitivo.

Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justi√ßa era procurado por uma série de crimes na Bahia e em Goi√°s. Ele também é acusado da morte de quatro pessoas de uma fam√≠lia em Ceil√Ęndia, no Distrito Federal, e de um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goi√°s.

A Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica de Goi√°s (SSP-GO) informou, por meio de nota, que L√°zaro é investigado por mais de 30 crimes, cometidos no estado, Bahia e Distrito Federal. A maioria desses crimes é de latroc√≠nio (roubo seguido de morte) - leia texto na √≠ntegra ao fim da reportagem.

Ainda de acordo com a pasta, a megaopera√ß√£o durou 15 dias e teve participaram da a√ß√£o as Pol√≠cias Civil e Militar de Goi√°s e do Distrito Federal, Pol√≠cia Federal, Pol√≠cia Rodovi√°ria Federal, Diretoria Penitenci√°ria de Opera√ß√Ķes Especiais (DF) e Corpo de Bombeiros Militar (CBMGO).

Desde o dia 9 de junho, quando um casal e dois filhos foram assassinados no DF, o suspeito era procurado. Dois dias após este crime, segundo a pol√≠cia, L√°zaro roubou um carro e fugiu para Cocalzinho de Goi√°s. Desde ent√£o, empreendeu uma fuga cinematogr√°fica pelas matas da regi√£o.

Fonte: G1
Comunicar erro
Prime News

© 2021 Prime News - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Prime News
CORES DEMO
PERSONALIZADA

Acesse a administra√ß√£o do portal e veja todas as possibilidades e op√ß√Ķes de personaliza√ß√£o de cores, blocos, widgets e v√°rios outras possibilidades. Clique aqui para ir ao painel.

OUTROS TEMAS